Centro de Pesquisas de Águas Subterrâneas

CEPAS |USP

Centro de Pesquisas de Águas Subterrâneas

Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo

Instituto de Geociências IGc-USP

Minisis: um método de minimização dos impactos de sistemas de saneamento
2006 - 2010

Este projeto objetiva a criação e a aplicação de um conjunto de ações integradas (MINISIS) que minimizem os impactos de sistemas de saneamento irregulares (fossas sépticas e negras) nos recursos hídricos subterrâneos e superficiais em zonas de alta densidade populacional, com especial enfoque às áreas de mananciais. A área escolhida como piloto será na favela Jardim Santo Antônio (Bairro da Barragem - Distrito Engenheiro Marsilac), São Paulo. Espera-se com a conclusão e desenvolvimento do MINISIS: a) Um método de identificação de poços e nascentes com alto risco sanitário. Esta técnica permitirá aos moradores e aos agentes de saúde, a partir de um treinamento mínimo, estabelecer quais captações de água merecem maior atenção, permitindo subsidiar os órgãos de governo na definição de prioridades na implementação de projetos de saneamento em uma área. b) Desenvolvimento de fossas sépticas mais eficientes. Sendo as fossas sépticas, mesmo as bem construídas, pouco efetivas onde há alta densidade populacional, será desenvolvido um sistema de saneamento melhorado, com uso de barreiras reativas, que possibilite a degradação mais eficiente de nutrientes (nitrato) e de microorganismos patogênicos. Este sistema de baixo custo de instalação e de operação permitirá a redução de cargas contaminantes às águas subterrâneas e aos rios próximos. c) Critérios de ocupação de áreas com alta densidade populacional. A partir dos resultados e da eficiência de sistemas sépticos mais eficientes será proposto um re-ordenamento territorial que reduza os impactos de sistemas sépticos às águas do lençol freático e dos córregos e outras drenagens superficiais. Espera-se que esse procedimento elaborado e testado no município de São Paulo também possa ser aplicado a outras regiões pobres no Brasil e no exterior.

Integrantes: (Ricardo Hirata), Alexandra Suhogusoff, Jesse Stimson, David Blowes, Marcus Sangiorge Ucci, Amanda Roncato Batista.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa / University of Waterloo - Cooperação / United Nation University - Auxílio financeiro.