Centro de Pesquisas de Águas Subterrâneas

CEPAS |USP

Centro de Pesquisas de Águas Subterrâneas

Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo

Instituto de Geociências IGc-USP

Qualidade ambiental da área poluída do Parque do Lago (Salto-SP) e critérios para sua produção
2008 - 2011

No Município de Salto, à cerca de 110 km da Capital, no Bairro Distrito Industrial Parque do Lago localiza-se o Parque do Lago com suas águas escuras e mal cheirosas. O Lago, de origem natural, possui um espelho d?água de aproximadamente 75 000 m2 e dista menos de 100 m da margem direita do Rio Tietê e tem em suas vizinhanças um Parque Industrial com atividades que vão desde fábrica alimentícia até indústrias metalúrgicas. O Parque destina-se ao lazer, à visitação pública, e conta com pista de cooper, ciclovia etc., no entanto, seu lago tem uso restringido apenas para harmonização paisagística devido principalmente à péssima qualidade de sua água em períodos de estiagem. Neste trabalho serão caracterizados os sedimentos de fundo do Lago e os atributos do solo de seu entorno. Serão efetuadas análises químicas das águas do Lago, do Rio Tietê e subterrâneas. Os produtos de extrações aquosas e totais (ácido nítrico) dos sedimentos e solo também serão analisados quimicamente. Além disso, serão realizadas avaliações biológicas do lago; neste caso, a metodologia empregada, apresenta vantagens por oferecer informações de efeitos ambientais prolongados, uma vez que os organismos agregam efeitos da qualidade da água ao longo do tempo. O estudo das relações entre o Rio Tietê e o Lago, assim como da contribuição de agentes poluentes das indústrias vizinhas permitirá que se definam processos de remediação e/ou mitigação, ao mesmo tempo em que se estabeleçam critérios seguros de proteção ao Lago.

Integrantes: (Raphael Hypolito), Sibele Ezak, Daniela C. Gamito, Vinícius de O. Carvalho, Fernando Valarelli Menezes.