Centro de Pesquisas de Águas Subterrâneas

CEPAS |USP

Centro de Pesquisas de Águas Subterrâneas

Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo

Instituto de Geociências IGc-USP

Aplicação de isótopos de Pb, Sr, H e O como ferramentas de investigação de recarga e contaminação da água subterrânea na região oeste da Cidade de São Paulo
2011 - 2014

A gestão da Água subterrânea na Região Metropolitana de São Paulo e seu uso sustentável dependem de dois fatores principais, o estudo da quantidade e o da qualidade, ou seja, da recarga e da contaminação da água. Compreender como ocorre a recarga e se a contaminação detectada é de origem natural ou antrópica são fundamentais para o gerenciamento deste recurso. Faz parte desta tarefa entender como se dá a interação entre os diversos arcabouços terrestres como águas superficiais, material geológico, água subterrânea e materiais antrópicos. Dados preliminares (Martins, 2008) têm mostrado que os isótopos de Sr, Pb, H e O são bons indicadores de processos de interação entre as esferas terrestres e para identificação de fontes de contaminação, bem como para avaliação da recarga de aquíferos. Para ampliar os dados obtidos anteriormente e fomentar os resultados obtidos pretende-se estudar três casos de contaminação distintos, com condições hidrogeológicas diferentes, para avaliar a aplicação de diferentes sistemas isotópicos no estudo da recarga e da investigação de fontes de contaminação. O primeiro envolve a contaminação de flúor e anomalia de bário em aquífero raso na Cidade Universitária, o segundo a contaminação de flúor em aquífero cristalino profundo na Barra Funda e o terceiro a contaminação de bário tanto em aquífero sedimentar profundo na região de Salto de Pirapora, quanto em aquífero cristalino em Barueri. Além de amostras de água subterrânea também pretende-se amostrar águas superficiais e de chuva, bem como de esgoto doméstico e da estação de tratamento, que possam estar contribuindo com a recarga dos aqüíferos estudados. A comparação com isótopos mais aceitos cientificamente e com outros casos servirão de apoio aos resultados obtidos.

Integrantes: (Veridiana Martins), Marly Babinski, Ricardo Hirata, Reginaldo Bertolo.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.